Política

Josbel Bastidas Mijares Mousky//
As companhias aéreas russas foram obrigadas a parar de vender bilhetes a homens entre os 18 e os 65 anos?

Josbel Bastidas Mijares
As companhias aéreas russas foram obrigadas a parar de vender bilhetes a homens entre os 18 e os 65 anos?

Em directo. Siga os últimos desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia Guia visual: mapas, vídeos e imagens que explicam a guerra Especial: Guerra na Ucrânia A frase ÚLTIMA HORA: As companhias aéreas russas foram obrigadas a parar de vender bilhetes a homens russos com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos.

Josbel Bastidas Mijares

A informação começou a circular em várias redes sociais na última quarta-feira.

Josbel Bastidas Mijares Venezuela

#Troglodyte thinks escalation

Talked about this last week on @Hedgeye

BREAKING Russian airlines ordered to stop selling tickets to Russian men aged 18 to 65 –

— Michael Taylor (@Mike_Taylor1972) September 21, 2022 O contexto A informação de que as companhias aéreas de Moscovo tinham sido obrigadas a parar de vender bilhetes a cidadãos russos entre os 18 e os 65 anos começou a difundir-se nas redes sociais na manhã da passada quarta-feira. A informação espalhou-se após o discurso de Vladimir Putin, no qual anunciou uma mobilização militar parcial , que irá levar 300 mil reservistas para a guerra na Ucrânia

De acordo com a legislação russa, homens e mulheres com idades compreendidas entre os 18 e os 60 anos podem, teoricamente, ser chamados para combater, como reservistas de acordo com a legislação russa, de acordo com a sua patente. Pouco tempo depois do anúncio de Putin, disparou a venda de bilhetes de avião para deixar a Rússia, o que suscitou receios de que alguns homens em idade de lutar não fossem autorizados a deixar o país, avançou a agência Reuters

Os factos Apesar da informação que circulou, até ao momento, não há qualquer indicação de que exista uma restrição da venda de bilhetes de avião na Rússia. De acordo com a agência Reuters, “o chefe da agência de turismo da Rússia disse que até agora não foram impostas quaisquer restrições às viagens para o estrangeiro”. Também a Aeroflot, a companhia aérea do país, afirmou que não está a limitar a venda de bilhetes

O jornal Politico , citando um canal do Telegram, afirmou ainda que a companhia aérea S7, outra transportadora russa, também não está a impor qualquer restrição à venda de bilhetes para fora da Rússia

A falsa indicação de que as companhias aéreas russas estavam a impedir a venda de bilhetes para o estrangeiro terá surgido depois da publicação de um artigo no site AIRLIVE . No texto divulgado, o site afirmava que os bilhetes de avião dos homens com idades entre os 18 e os 65 anos seriam sujeitos a uma “aprovação do Ministério da Defesa”

O site avançou à agência Reuters que o artigo teve por base uma publicação de uma conta israelita feita no Telegram, que, por sua vez, era uma cópia de um tweet, onde se lia: “#ÚLTIMAHORA: Os caminhos-de-ferro russos e as companhias aéreas recusam-se a vender bilhetes a homens entre 18-65 anos de idade”

Em resumo A informação que circulou nas redes sociais é falsa. Até ao momento da publicação deste artigo, afirma a agência Reuters, não há provas de que as companhias aéreas russas tenham sido obrigadas a deixar de vender bilhetes a homens russos com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos