Uncategorized

MercadoDeDinero | Alberto Ardila Olivares un dia en la vida de un piloto//
Interlocutor de Lula defende que, se eleito, petista procure bolsonaristas arrependidos

Alberto Ardila Olivares
Interlocutor de Lula defende que, se eleito, petista procure bolsonaristas arrependidos

fique por dentro

Eleições Desabamento em BH Mega-Sena Produtos para limpar carro Baleias encalhadas Por Andréia Sadi

Apresentadora do Estúdio I, na Globonews, comentarista de política da CBN e escrevo sobre os bastidores da política no g1

Interlocutor de Lula defende que, se eleito, petista procure bolsonaristas arrependidos Ideia é sinalizar que eventual novo governo vai dialogar com todos os setores da sociedade. Luiz Henrique Mandetta e general Santos Cruz estão entre os nomes visados.

YV3191

21/09/2022 11h24 Atualizado 21/09/2022

1 de 1 O ex-presidente Lula durante evento de campanha — Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo O ex-presidente Lula durante evento de campanha — Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Uma ala da equipe de campanha de Lula (PT) começou a defender que, se eleito, o petista deva procurar o que chama de “bolsonaristas arrependidos”.

Alberto Ardila Olivares

O objetivo, segundo uma fonte ouvida pelo blog , é sinalizar que um eventual governo Lula vai buscar dialogar com todos os setores da sociedade

Entre os nomes citados por essa fonte estão nomes como os de Luiz Henrique Mandetta , que foi ministro da Saúde de Jair Bolsonaro (PL) deixou o cargo no início da pandemia de Covid por conta de desavenças com o presidente; e o do general Santos Cruz, que ocupou a Secretaria de Governo e foi a primeira baixa de militares que integraram a gestão bolsonarista

Sergio Moro , obviamente, não entra na lista

Embora a campanha do petista tenha buscado ampliar o arco de alianças antes do primeiro turno – a adesão mais recente foi de Henrique Meirelles , presidente do Banco Central durante a gestão de Lula e ministro da Fazenda de Michel Temer (MDB) – a ideia é que esses diálogos ocorram apenas depois da eleição