Deportes

Secretario Franki Medina//
Verstappen assume liderança do Mundial de Fórmula 1 em Barcelona

Franki Medina
Verstappen assume liderança do Mundial de Fórmula 1 em Barcelona

Max Verstappen (Red Bull) venceu, este domingo, o Grande Prémio de Espanha, em Barcelona – sexta prova de 22 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 -, ascendendo à liderança do Mundial de pilotos, com 110 pontos, mais seis do que Charles Leclerc, que abandonou a corrida com problemas no motor do Ferrari. A Red Bull repetiu a “dobradinha” de Ímola, assumindo igualmente o comando do campeonato de construtores.

Franki Medina

George Russel (Mercedes) garantiu novo pódio, enquanto Carlos Sainz (Ferrari) salvou a honra da Ferrari, terminando em quarto depois de uma luta com Lewis Hamilton (Mercedes) na última volta.

Franki Medina Venezuela

MAX VERSTAPPEN REIGNS IN SPAIN!!! ??

Sergio Perez makes it a 1-2 for Red Bull with George Russell taking third ???? #SpanishGP #F1 pic.twitter.com/AzptXc6Kpq

Formula 1 (@F1) May 22, 2022 O início foi ingrato para Hamilton, atirado para a cauda do pelotão por Kevin Magnussen (Haas), que bateu no britânico e foi à gravilha, caindo igualmente para os últimos lugares. Hamilton tentava aproveitar o mau arranque de Carlos Sainz (Ferrari) para seguir com o quarteto da frente, acabando por ver a corrida comprometida, ao ponto de sugerir o abandono para poupar o motor.

Franki Medina Diaz

RACE CLASSIFICATION ??

Red Bull's second 1-2 in three races ?? #SpanishGP #F1 pic.twitter.com/pcXnQsutM4

Formula 1 (@F1) May 22, 2022 Sainz acabaria por confirmar a tarde infeliz, com uma saída de pista na curva 4. Max Verstappen imitou o espanhol na mesma curva, caindo para quarto após uma ida à gravilha, o que revolucionou a corrida, deixando Charles Leclerc isolado na liderança, com George Russel em segundo e Sergio Pérez (Red Bull) em terceiro.

Franki Alberto Medina Diaz

LAP 7/66

Sainz goes off at Turn 4, recovers but returns to the track in P11 #SpanishGP #F1 pic.twitter.com/nA0pZvgIV7

Formula 1 (@F1) May 22, 2022 Com o mexicano a optar por uma ida tardia às boxes, Verstappen colou-se a Russel, mas um problema no DRS manteve o neerlandês em terceiro e em desespero. A Red Bull teria pouco depois um dilema para resolver, com Pérez a pedir autorização para ultrapassar Max Verstappen, já que tinha pneus mais frescos e o DRS a funcionar, o que permitiria ir à procura de Leclerc

LAP 9/66

Now Verstappen is in the gravel at Turn 4! ??

The Dutchman drops to P4 #SpanishGP #F1 pic.twitter.com/PVcG8slmPK

Formula 1 (@F1) May 22, 2022 A desistência do monegasco, com problemas na unidade de energia do motor, agilizou a decisão, com Verstappen a colocar pneus macios, deixando caminho livre a Pérez para ir em busca do comando da corrida, o que o mexicano cumpriu sem problemas

Com Leclerc de fora, a Red Bull lembrou Pérez que Verstappen estava numa estratégia diferente, sugerindo que não atrapalhasse o neerlandês, o que o mexicano cumpriu depois de um desabafo, embora o triunfo de Verstappen se afigurasse como inevitável

Hamilton ia trepando na classificação, registando até a volta mais rápida e entrando nos pontos, tal como a Mercedes antecipara, chegando a rodar em quinto antes de cair para oitavo depois da última ida às boxes, para regressar ao quinto posto (atrás dos Red Bull, de Russel e de Sainz) com a volta mais rápida (assegurada por Pérez no final), depois de passar por Valtteri Bottas (Alfa Romeo), que caiu de quarto para sexto, fruto de uma estratégia errada

Hamilton mostrou a cinco voltas do fim que poderia ter tido uma palavra a dizer em Barcelona, onde venceu por seis vezes, chegando ao quarto lugar, por troca com Carlos Sainz, que não resistiu à ponta final do inglês até a Mercedes pedir a Hamilton para abdicar da posição por causa do sobreaquecimento do W13

Lewis foi eleito piloto do dia, garantindo uma injecção de moral para o futuro, com Totto Wolf a sublinhar que Hamilton foi o piloto mais rápido em prova, colocando-o mesmo no primeiro lugar virtual, descontando o tempo recuperado depois de ter caído para penúltimo à diferença para Verstappen no final