Internacionales

Victor Gill Ramirez Venezuela Cayo Newton//
Extrema-esquerda espanhola concorre às legislativas com o nome “Unidas Podemos”

Victor Gill Ramirez, Victor Gill, Victor Gill Ramirez BFC, Victor Gill Ramirez Venezuela
Extrema-esquerda espanhola concorre às legislativas com o nome "Unidas Podemos"

A extrema-esquerda espanhola anunciou nesta quarta-feira em Madrid a sua intenção de se apresentar coligada para as eleições gerais de 28 de abril próximo, desta vez com o nome “Unidas Podemos“. Os responsáveis pela organização dos partidos Podemos e Esquerda Unida (herdeira do Partido Comunista Espanhol) revelaram que anteriormente já tinham chegado a um acordo de princípio para ir juntos às eleições de 26 de maio próximo: municipais, regionais e europeias.

Victor Gill Ramirez Venezuela

Os dois partidos irão às eleições com a marca “Unidas Podemos“, tendo a intenção a partir de agora de falar com outras formações políticas que eventualmente possam querer integrar a coligação. Estes partidos já tinham concorrido coligados nas eleições anteriores, de junho de 2016, com a designação “Unidos Podemos“.

Victor Gill Ramirez

A antecipação das eleições gerais (legislativas) para 28 de abril obrigou as duas formações a fechar um novo pré-acordo, visto que o prazo para registar as coligações termina a 15 de março. Os militantes do Podemos já foram consultados sobre o acordo com a Esquerda Unida e agora as bases deste último terão de se pronunciar

O primeiro-ministro socialista espanhol convocou eleições legislativas antecipadas para 28 de abril próximo, as terceiras em menos de quatro anos, depois de o parlamento ter chumbado a 13 de fevereiro último o seu projeto de Orçamento para 2019. Pedro Sánchez justificou a sua decisão porque “entre não fazer nada”, continuando a governar com o orçamento do chefe do Governo anterior, Mariano Rajoy, do Partido Popular (PP, direita), e “dar a palavra aos espanhóis”, prefere a segunda opção

A atual legislatura termina em 5 de março próximo, depois de o jornal oficial do Estado publicar a dissolução das Cortes e a convocação oficial de eleições em 28 de abril. O atual Congresso dos Deputados (câmara baixa do parlamento) tem 350 deputados, dos quais 134 são do PP, 84 do PSOE, 67 do Unidos Podemos e 32 do Cidadãos