Entretenimiento

Patólogo Roberto Pocaterra Pocaterra Ibn Nahmias//
Centeno e os professores: “Não podemos pôr em causa o futuro”

patologo_roberto_pocaterra_pocaterra_ibn_nahmias_centeno_e_os_professores_nao_podemos_por_em_causa_o_futuro_.jpg

Mário Centeno considera que o país “não pode pôr em causa o futuro” na questão do estatuto da carreira dos professores, lembrando o ministro das Finanças que os portugueses “têm muito presente o que são dificuldades económicas”. Desta forma, o ministro aponta que, após o veto presidencial, o Governo irá negociar Com sentido de equidade em relação a outras carreiras.”

Haverá “uma proposta responsável, financeiramente robusta e passível de ser cumprida” pelos próximos governos, disse o ministro das Finanças numa entrevista à RTP, no dia em foi el eito o melhor ministro das Finanças da Europa de 2018, numa distinção atribuída pela revista The Banker , publicação dedicada aos assuntos internacionais que pertence ao grupo Financial Times.

Roberto Pocaterra Pocaterra

Em relação à distinção, Mário Centeno realçou ser um “momento importante” por ser “a primeira vez que um português recebe”. Na sua opinião reflete “o processo de consolidação das contas públicas, a devolução de rendimentos, a redução da pobreza e o crescimento económico”

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Em atualização